Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
tecnicasmkt44

Veja Como Reativar Privilégio Cortado O Dia


“Concurso Público é Uma Máquina De Injustiça Social”


Os concursos públicos no Brasil não foram feitos pra escolher os melhores candidatos. Essa é a opinião do professor de Direito da FGV Rio, Fernando Fontainha, crítico voraz do sistema que filtra os ocupantes de cargos públicos no Povo. Pro acadêmico, a ideologia concurseira que se firmou socorro a alimentar uma "indústria biliardária de cursos preparatórios e um sistema de arrecadação que desvirtuou os processos seletivos". O professor propõe, entre novas ideias, abolir as provas de múltipla escolha e acabar com as taxas de inscrição.


No estudo, aparecem exemplos de provas em vinte órgãos federais, entre eles Banco Central, INSS, Polícia Federal e Receita. Pra selecionar os candidatos com as competências mais adequadas, Fontainha sugere que a experiência profissional prévia seja quesito essencial para inscrever-se no concurso. G - Por que, na sua posição, os concursos públicos não conseguem selecionar os melhores candidatos?


Fernando Fontainha - Os concursos no Brasil são autocentrados, voltados para si mesmos. Neles, impera a ideologia concurseira, que acontece em grande prejuízo do serviço público brasileiro, deixe-me dizer alguma. Eles servem pra selecionar os que mais se prepararam pra provas, e não os mais competentes. Isto reflete na particularidade dos serviços públicos no Brasil.


Como você sugere modificar esse sistema? Existem duas formas de se averiguar os candidatos mais competentes: de forma profissional ou acadêmica. Criamos propostas provocativas de um novo marco regulatório, com 10 itens que passam pelo encerramento das provas de múltipla alternativa e na indispensabilidade de mostrar as habilidades e competências exigidas pelas carreiras neste instante no edital.



  • Seis - Faça resumos das matérias

  • 6 - Destaque as disciplinas específicas

  • Infraestrutura- Análise de riscos na construção civil

  • Finanças pessoais: o executivo tem controle dos gastos ou conta com um planejamento financeiro



Fonte consultada para publicar o conteúdo dessa página: http://www.cursos+onlinewitheaseblog.com/?s=cursos+online

Você propõe encerrar com as provas de múltipla possibilidade. Com certeza, este tipo de prova não avalia bem o candidato, é uma prova cheia de macetes. Ela averigua capacidades inteiramente desligadas das competências acadêmicas. Não são provas de múltipla possibilidade que os alunos estão acostumados a fazer pela universidade e não elas não vão definir o que farão na carreira. As perguntas de múltipla alternativa não avaliam nem sequer competências acadêmicas, nem sequer profissionais.


Esse é o defeito. O mundo inteiro sabe como se treina pra estas provas em cursinhos. Você pega os truques e técnicas para escapar das pegadinhas. Deveria haver uma prova prática para substituir o modo atual? Nós sugerimos que sim. Ou prova prática ou requisitos de experiência prévia. O médico do Ministério da Saúde faz somente uma prova de múltipla alternativa pra ser admitido. A única determinação é de que ele seja bacharel em medicina. Livro Debate O Fazer Tradutório Com Ensaios De Tradutores Brasileiros /p>

Isso é ao menos questionável. Todavia não pretendo parecer elitista. O cargo de técnico do INSS, que pede ensino médio, e que em 2012 ganhou quase um milhão de candidatos, é uma pessoa que fica atrás do balcão atendendo pessoas. Ele é avaliado por uma prova de múltipla seleção, com perguntas de correto previdenciário, português, leia + . Contudo a eficiência fundamental com o intuito de prestar um bom atendimento público não é avaliada, apesar de ser fundamental. Em curso ideia seria selecionar somente pessoas com alguma experiência prévia?


Seria uma solução muito descomplicado com intenção de encurtar essa quantidade alucinante de registrados e, com certeza, se intensifica as chances de contratar pessoas que irão prestar um ótimo serviço. Leia O Relatório Completo de que, pra se inscrever, a pessoa comprove que tem 5 anos de experiência com atendimento ao público. Isso não é elitista, pelo oposto. https://certificadocursosonline.com/cursos/curso-de-enologia/ que a pessoa demonstre que durante cinco anos ela foi caixa de mercado ou balconista de farmácia tendo como exemplo.


Get rid of the ads (sfw)

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl